Zuleida, a princesa moura

“Zuleida, a princesa moura” trata da adaptação de uma das mais antigas lendas conhecidas no concelho de Montemor-o-Velho, de forma a trazer junto dos mais jovens um legado cultural de cariz popular, que importa conhecer e preservar.
O tempo histórico relatado na obra recua à época da reconquista cristã, em que eram frequentes as lutas entre cristãos e mouros.
Filha do rei Benalfagi, Zuleida era uma princesa muçulmana trazida de Granada, passando a viver no alcácer do castelo de Montemor-o-Velho. A sua beleza era tamanha, que por isso era conhecida como “Flor do Mondego”.
A princesa inspirou a paixão de dois jovens cavaleiros cristãos: D. Álvaro e D. Mem, os quais, apesar de em tudo irmanados, se desafiaram mutuamente ao campo de batalha.
Um desfecho inesperado, protagonizado pela princesa moura, acabou por salvar a vida dos dois cavaleiros na hora do combate.
Por amor, a bela Zuleida ofereceu a sua vida aos campos do Mondego, assim demonstrando, que independentemente da origem e da religião, é possível o amor entre os diferentes povos que habitam a Terra.
Este livro pretende pois, passar uma mensagem de tolerância e de igualdade entre todos os seres humanos.

Sessões de Lançamento

    Setembro 2005 – Centro Comercial de Montemor-o-Velho
    Presidiram à sessão o Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Dr. Pedro Machado e um representante da editora Mar da Palavra, Sr. Vitalino Santos.
    Setembro 2005 – Centro Cultural, Liceia
    Presidiram à sessão o Presidente da Junta de Freguesia de Liceia, Sr. Manuel Duque; o patrocinador da obra, Sr. Joaquim Cardoso; e um representante da editora Mar da Palavra, Dra. Elvira Santos.
    Setembro 2005 – Largo de S. Sebastião, S. Martinho de Árvore
    Presidiram à sessão o Presidente e o Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Coimbra, respectivamente Dr. Carlos Encarnação e Dr. Mário Nunes; o Presidente da Junta de Freguesia de S. Martinho de Árvore, Sr. António Peixoto; e um representante da editora Mar da Palavra, Sr. Vitalino Santos.

Voltar