A Nuvenzinha Cor-de-Farinha

Na história de Lurdes Breda, ilustrada por Carla Figueiredo, “A Nuvenzinha Cor-de-Farinha” viajava pelo céu e via a Terra, o oceano e as florestas. Teve vontade de ser todas as coisas que observava, mas continuou a ser, apenas, uma nuvem solitária.

Um dia, ao mirar-se na água, viu que tinha crescido e estava mais cinzenta. Uma andorinha, que passava, fez-lhe sentir que havia prados amarelecidos e flores murchas, com sede. A Nuvenzinha começou, então, a esticar-se e a dividir-se em muitas outras nuvenzinhas… Chorou de felicidade! A chuva veio matar a sede à andorinha, às árvores e às flores…

A par com esta história, Lurdes Breda escreveu e ilustrou um texto pedagógico, que alerta para a importância da água no nosso planeta e ensina às crianças o Ciclo da Água, contado pelo Caracol Turbulento.

Sessões de Lançamento:

    Julho 2009 – Feira do Livro de Mira (Largo da Barrinha de Mira).
    Presidiu à sessão a Vereadora do Pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Mira, Dra. Sandra Pereira. Estiveram também presentes o adjunto do Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Professor Carlos Alberto e, a apresentar a obra, a Professora Ana Cristina Jorge.

    Setembro 2009 – Centro Cultural de Liceia.
    Presidiu à sessão o Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Dr. Luís Leal. Estiveram, também, presentes o Presidente da Junta de Freguesia de Liceia, Sr. Manuel Duque, e a Presidente do Centro Cultural de Liceia, Graça Batista.

    Voltar