Parcerias com a APPACDM – Unidade Funcional de Montemor-o-Velho

Parcerias com a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Coimbra (APPACDM) – Unidade Funcional de Montemor-o-Velho, de carácter literário, artístico e inclusivo:

Acompanhada pelo Grupo Instrumental Orff (GIO):
• Ao Colégio de S. José (Coimbra), no âmbito do seu plano de actividades extracurriculares, integrado no programa didático-pedagógico;
• Ao Instituto Pedro Hispano, na Granja do Ulmeiro, integrada na “Semana Cultural”;
• À Escola Básica do 2º/3º Ciclos de Arganil;
• Ao 1º Jardim Infantil João de Deus (Coimbra);
• Ao Quarteirão das Artes, integrado no serviço educativo, apresentado no programa “Quarteirão da Primavera 2007”;
• Ao Instituto Pedro Hispano, na Granja do Ulmeiro, numa actividade dedicada às pessoas portadoras de deficiência, intitulada “Mundo de Cores”;
• Ao Instituto Educativo de Souselas, numa acção inserta na Feira do Livro daquela instituição;
• Ao Jardim-de-Infância do Bairro do Ciclo (Condeixa), numa actividade desenvolvida pelo Grupo Condeixabrincar, da Escola Secundária com 3º Ciclo Fernando Namora, numa actividade denominada “Como brincam as nossas crianças?”, tendo em conta o Dia Internacional do Livro Infantil;
• À Escola Básica de 2º e 3º Ciclos de Ceira (Coimbra);
• À Escola Básica do 1º Ciclo de Formoselha;
• Biblioteca Municipal Pedro Fernandes Tomás (Figueira da Foz), numa sessão para o Pré-Escolar e outra para o 1º Ciclo;
• À Escola Básica de 2º e 3º Ciclos Dra. Maria Alice Gouveia (Coimbra);

Integrados no projecto “Maletas Pedagógicas”, uma iniciativa da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, com os objectivos de favorecer a integração social e fomentar o respeito pela diferença:
• Ao Pré-Escolar da Carapinheira;
• Ao Pré-Escolar de Arazede;
• Ao Pré-Escolar das Meãs;
• Ao Pré-Escolar de Seixo de Gatões;
• Ao Pré-Escolar de Pereira.

Colaboração no espectáculo musical “Mosaico de Tons e de Sons” (2006):
• Na III Gala da APPACDM de Coimbra “Da Indiferença ao Palco”, no Teatro Académico de Gil Vicente, em Coimbra;
• Na Escola Básica do 1º Ciclo da Quinta das Flores, em Coimbra, numa actuação comemorativa do Dia Mundial da Criança;
• Na CIC 2006, Feira Comercial e Industrial de Coimbra, actividade desenvolvida pela Associação Comercial e Industrial de Coimbra (ACIC) e levada a efeito no Estádio Cidade de Coimbra;
• Nas Festas da Vila de Montemor-o-Velho, organizadas pela câmara municipal da referida localidade;
• No auditório da Clínica de Saúde Rainha Santa Isabel, em Condeixa, numa actuação integrada na Semana Dedicada à Saúde Mental.

Colaboração na peça teatral e multimédia “Zuleida, a princesa moura” (2007):
• Na IV Gala da APPACDM de Coimbra, denominada “A História, as lendas e nós”, no Teatro Académico de Gil Vicente, em Coimbra. Evento transmitido, em reportagem, pela RTP1, no programa “Portugal em Directo”, no dia 8 de Maio de 2007;
• No Teatro Ester de Carvalho, numa organização da Junta de Freguesia de Montemor-o-Velho.

Colaboração no espectáculo musical “Quando o céu não é o limite…”, protagonizado pelas Unidades Funcionais de Montemor-o-Velho, Arganil, Tocha e CAO de S. Silvestre (2007):
• No Teatro Paulo Quintela (Anfiteatro da Faculdade de Letras, na Universidade de Coimbra), com a denominação de “Gala Miguel Torga”;
• No Museu Monográfico das Ruínas de Conimbriga, inserto no 1º Encontro “Olhos nos Olhos com a Diferença”, contextualizado com o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência e do Ano Europeu da Igualdade de Oportunidades para Todos;
• Na V Gala da APPACDM de Coimbra, denominada “Simbiose de vidas”, no Teatro Académico de Gil Vicente, em Coimbra.

Participações com o projecto/livro “O Piolho Zarolho e o Arco-íris da Amizade”, com a colaboração da CNOTINFOR e o apoio do Instituto Nacional de Reabilitação:

• Escola Superior de Educação e Ciências Sociais, do Instituto Politécnico de Leiria;
• Ateneu Comercial do Porto;
• Casa-Museu João Soares, da Fundação Mário Soares, em Cortes (Leiria);
• Instituto Nacional para a Reabilitação (INR), em Lisboa;
• Biblioteca Municipal Ferreira de Castro, em Oliveira de Azeméis;
• Biblioteca Municipal Tomás Ribeiro, em Tondela;
• Auditório do Campo Grande, em Lisboa;
• Biblioteca Municipal Afonso Duarte, Montemor-o-Velho;
• Centro Local de Aprendizagem da Universidade Aberta, Biblioteca Municipal de Cantanhede, incluído na Conferência sobre Educação Especial;

Escreveu e colaborou no espectáculo musico/teatral “Navegar com os Sons”(2011), protagonizado pelo GIO em:

• Teatro Ester de Carvalho em Montemor-o-Velho;
• “Festival (In)Capacidades sem Limites”, Conservatório de Música de Coimbra;

Voltar